sexta-feira, 11 de março de 2011

Felicidade?!


            Bom dia! Tudo bem? E por que não estaria, não é?! Tudo é tão bonito, e se olharmos a nossa volta veremos que não temos motivos pra sermos infelizes, a não ser que queiramos tal situação para as nossas vidas. Às vezes é difícil, admito, ser feliz ou encontrar a felicidade nas pequenas coisas. Eu sei, sou humano também e não me contento com muito pouco, porém, não custa nada tentar sorrir por ver o sol no céu, por ver um sorriso simpático no rosto de uma criança.
            Enfim, a felicidade é tudo aquilo que se nos apresenta em pequenas coisas, em pequeninas quantidades; infelizmente não sabemos juntar todas essas pecinhas desse enorme quebra-cabeça. Muitas vezes choramos, pedimos e imploramos aos céus para sermos felizes, e, será mesmo que não somos? Será que o que nos falta não é percepção daquilo que nos é dado todos os dias?
            Deus dá a cada um de nós exatamente aquilo que é merecido, e lhes garanto, ela não nos quer tristes, apesar de passarmos pro provações, é tudo sempre muito necessário. Nossa mente e até a nossa alma precisa amadurecer, e muitas vezes só aprendemos sofrendo, não estou dizendo que só a dor ensina, mas o fato é que ela é melhor mestra do que os prazeres.
            É deprimente ver o “bom humor” de algumas pessoas que só se sentem bem quando tem dinheiro na conta do banco, ou aquelas que só se sentem confortáveis quando estão com os bolsos cheios. Felicidade é muito mais do que dinheiro, é estado de espírito, é uma opção de vida. Felicidade é saber aproveitar cada momento das nossas vidas, é aprender com tudo que acontece, aprender até mesmo com insetos.
            Felicidade é muito mais do que uma palavra, é um sentimento, e deveria dominar nossos corações, temos que aprender a vivê-la de modo verdadeiro e intenso, assim, nos momentos e nas quantidades exatas, por mais que sejam ínfimos, são momentos de felicidade, e pra se chegar à plenitude desta, temos que saber juntar tudo, e percebermos que nada no mundo acontece por acaso.
            “Sorria, mesmo que seja um sorriso triste, pois mais triste que um sorriso triste é a tristeza de não saber sorrir.” (Charles Chaplin)

2 comentários: